Casal de ‘Malhação’ reconhece sintonia em cena: ‘Temos muita química’

Gabriel Falcão e Bianca Salgueiro comentam sobre o amor quase impossível de seus personagens e as afinidades fora da ficção

<br />
Os atores Bianca Salgueiro e Gabriel Falcão<br />
Foto: TV Globo/João Miguel Júnior
Os atores Bianca Salgueiro e Gabriel Falcão TV Globo/João Miguel Júnior

RIO – Namorar escondido dá aquele friozinho na barriga. Sobre isso, Gabriel Falcão e Bianca Salgueiro podem falar com propriedade. Não, os dois não confirmam os boatos de que estejam juntos na vida real. Negam até com veemência. Mas esse foi o ponto alto da trama de seus personagens Ben e Anita, em “Malhação”, há até pouco tempo.

— O segredo deixa a relação mais interessante, apimentada. Porque sempre tem aquela tensão de saber se tem alguém prestes a flagrar — diz Gabriel.

O amor do casal, mesmo que secreto, ia de vento em popa, até a chegada de Meg (Christy Ane Lopes). A notícia de que a ex-namorada americana estava esperando um filho do mocinho levou a aprendiz de decoração a pôr um fim no relacionamento.

E Meg não é o único desafio pela frente. O “Príncipe Sapo” e a “Princesa Plebeia”, como são apelidados na trama, devem enfrentar as perseguições de Sofia (Hanna Romanazzi) e, principalmente, a oposição que Caetano (Paulo Betti), pai de Anita, pode apresentar ao relacionamento.

— Caetano pode ser o grande empecilho para eles. Junto com Sofia, ele pode criar objeção aos dois por diversos fatores: porque o Ben é filho do Ronaldo (Tuca Andrada), porque eles moram juntos e até pelo Ben não fazer parte da elite da Barra da Tijuca — palpita Gabriel.

Na trama, escrita pelas autoras Ana Maria e Patrícia Moretzsohn, Ben namora secretamente a filha de sua madrasta Vera (Isabela Garcia) e mora com as duas, Ronaldo e o resto da família num casarão do Grajaú

— A novela fala da família contemporânea, de namorados que são quase parentes, o que é praticamente um tabu. É como um “Romeu e Julieta” em uma versão pós-moderna — explica Gabriel.

Por conta das relações de parentesco, o roteiro atrai espectadores que vão além da faixa etária adolescente, em princípio o público-alvo da atração e do horário.

— Muitas senhoras comentam com a gente sobre a pertinência da trama desta “Malhação”— diz Gabriel.

No convívio de Anita e Ben, além do fato de serem quase irmãos, alguns fatores como a possível liberdade de um casal que mora junto chamam a atenção.

— Se eu tivesse na situação dos pais, a princípio eu ficaria surpresa, mas depois compraria a ideia — opina Bianca.

— No meu caso, como pai, deixaria claro que a proximidade deveria ser encarada com cautela — pondera Gabriel.

A dupla acredita que as dificuldades podem fazer o namoro dos personagens se fortalecer. Mas a consolidação pode demorar bastante.

— Enfrentar situações difíceis juntos ajuda a amadurecer — diz Bianca.

— Os obstáculos podem até ser bem-vindos, nesse sentido. A longo prazo, isso vai fazê-los se transformar em um casal adulto — completa Gabriel.

Apesar de em cena não viverem um bom momento, fora das gravações, a dupla, como ele mesmo os denomina, não se desgruda. Na internet, dezenas de fã-clubes torcem pelo casal, dentro e fora da TV.

— Existe mais fã-clube para Ben e Anita do que para Bianca Salgueiro e Gabriel Falcão — ri Bianca.— Já inventaram o “Benita” (junção dos nomes Ben e Anita) e até o “Gabrianca” (torcida pelo namoro dos dois na vida real).

Enquanto os fãs se deliciam com a aproximação, eles negam segundas intenções na amizade, já que Bianca diz ter um namorado de fora do meio artístico.

— Temos muita química, é natural que as pessoas confundam. A gente está sempre se beijando na TV e temos muitas coisas em comum — justifica o rapaz.

Bianca enfatiza que os dois participaram juntos das preparações para esta temporada de “Malhação” e, desde então, mantêm essa amizade:

— A gente fez preparação de corpo, estudou a trama junto. É normal que a gente esteja sempre próximo.

A sintonia transparece até nas respostas à entrevista, em que Gabriel chega a ajudar a amiga a se descrever.

— Sou muito mais prática do que a Anita. Ela é romântica — diz Bianca, que recebe um olhar de Gabriel, seguido de gargalhadas dos dois. — Mas a gente tem em comum a fase que estamos passando na vida. Assim como eu, Anita vive um momento de amadurecimento.

Tanta responsabilidade pode ser por conta do malabarismo que tem que fazer para levar, ao mesmo tempo, a faculdade e o trabalho de atriz. Bianca deu o que falar em 2012 ao passar nas primeiras colocações para as principais universidades do Rio de Janeiro e, aos 19 anos, cursa o terceiro período de Engenharia Mecânica na PUC-Rio. Na balança, por enquanto, a atriz preferiu priorizar o trabalho na TV:

— Neste semestre peguei matérias mais fáceis e só vou à universidade três vezes na semana — explica.

Enquanto isso, Gabriel preferiu manter o foco: trancou a faculdade de Artes Cênicas para se dedicar ao folhetim:

— Quando escolho uma coisa, sou focado, mas se tivesse que me comparar ao Ben, diria que ele é mais corajoso.

A rotina de trabalho, segundo eles, deixa poucas brechas para curtir as horas vagas. Mas, se sobra um tempinho, os dois aproveitam para pensar em outro tipo de malhação: correm para a academia.

A música também atrai Gabriel. E, em cena, Ben já apareceu tocando violão e cantando para Anita. A capacidade para gravar sem dublagem, segundo o ator, vem da experiência com musicais.

— Sou muito ligado em música. Se tiver que fazer uma serenata para a cena eu componho — diz Gabriel.

A atriz é só elogios:

— É muito legal ter essa característica. Na TV brasileira a gente quase não vê. Mas é uma coisa que nos Estados Unidos, por exemplo, vende muito.

Para alegria dos fãs que integram a torcida “Benita”, Bianca faz coro com Gabriel e crê que os dois ainda ficam juntos:

— Não quero que isso aconteça agora, porque senão perde a graça, mas torço pelo amor dos dois.

 

AS informações são do jornal O GLOBO